Episódio recente de malwares disfarçados de inocentes aplicativos lançam o alerta para os riscos de roubos de dados corporativos

Na semana passada, cerca de 600 mil usuários baixaram do Google Play um malware disfarçado de jogo de condução de carros. O que parecia só mais um aplicativo inofensivo cheio de bugs, na verdade possibilitava o acesso ao tráfego da rede, um caminho fácil para o roubo de dados confidenciais salvos nos smartphones. A maioria dos celulares que baixaram o malware eram de uso corporativo e sem qualquer ferramenta de segurança ou gestão remota, o que levantou um sinal vermelho sobre as ameaças reais a que as empresas estão expostas diariamente quando entregam smartphones desprotegidos a seus colaboradores.

Um estudo recente aponta que por oito em cada dez celulares do mundo todo trafegam informações corporativas. No Brasil, cerca de 60% das pessoas utilizam o smartphone para fins profissionais fora do horário e do ambiente de trabalho com muita frequência, segundo pesquisa da Global Mobile Consumer Survey que a Deloitte acaba de divulgar. Daí a importância da adoção de ferramentas de EMM (Enterprise Mobility Management) para garantir a flexibilidade de uso dos colaboradores corporativos e um forte gerenciamento dos dispositivos e segurança dos dados.

Ferramentas de EMM tipicamente envolvem a combinação da gestão de dispositivos móveis (MDM – Mobile Device Management), aplicações móveis (MAM – Mobile Application Management), conteúdo móvel (MCM – Mobile Content Management) e identidade móvel (MI – Mobile Identity).

Existem inúmeros provedores destes recursos no mercado, entre eles Airwatch, IAM EMM Samsung, SOTI Mobicontrol, MobileIron, Cloud4Mobile. Ainda que cada um ofereça diferentes funcionalidades de bloqueios e acessos, todos devem seguir os mais recentes padrões internacionais de certificados de segurança computacional (CC) e protocolos avançados de proteção das informações.

Depois de eleger a ferramenta mais adequada, o próximo desafio do gestor de tecnologia é implementar as políticas e processos necessários para garantir a execução de sua estratégia de mobilidade corporativa.

Conheça 6 dos benefícios que uma ferramenta de EMM deve oferecer:

1. Configuração de dispositivos móveis in loco ou remotamente

2. Monitoramento de ambientes e sistemas operacionais, com bloqueios e liberações de aplicativos e acessos

3. Distribuição de aplicativos remotamente para as principais plataformas do mercado em diversos tipos de negócios

4. Visibilidade em tempo real da operação, com controle efetivo de todos os aparelhos e informações sobre o comportamento de uso dos colaboradores

5. Serviços de localização e rastreamento de smartphones perdidos ou roubados, onde quer que eles estejam

6. Redução de custos com dispositivos configurados para uso exclusivamente corporativo, diminuindo utilização de plano de dados drasticamente, o que possibilita a contratação de pacotes otimizados